Dia Internacional da Mulher: é hora de cuidar de você!

O dia a dia é agitado. Às vezes, até frenético. Nós sabemos disso — também compartilhamos dos desafios da vida de uma mulher moderna. Por isso, nesse Dia Internacional da Mulher (08/03), pensamos em uma maneira diferente de celebrar. 

Queremos estar com você nos momentos especiais que a gente vive na rotina. Àqueles que as vezes podem até passar batido, mas são muito mais que necessários.  

Para te inspirar a vivê-los, convidamos três mulheres incríveis (todas nós somos!) para uma ação especial. Elas abriram as portas de suas casas e compartilharam seus escapes, respiros, horas de prazer, tranquilidade e lazer. 

Aqui, você conhece cada uma dessas histórias.

Thabata Frazão e seu momento de leitura

“A pergunta que sempre recebo é: como você dá conta de tudo?”, Thabata compartilhou. Essa é uma questão com a qual todas as mulheres com quem conversamos já se depararam em algum momento.  A arquiteta de 31 anos é mãe de dois meninos e, entre cuidados e muito amor, precisa atender seus clientes, visitar obras e tocar seu próprio negócio. 

Por isso sua sala de estar é muitas vezes seu refúgio. No pufe, no sofá, até no chão envolta de almofadas confortáveis: ali, ela pode sentar, descansar e se mergulhar no mundo fantástico das palavras. 

“O fim da noite é o momento em que cuido de mim. Depois que meus filhos dormiram, que resolvi todas as pendências do trabalho… sento no meu cantinho, tomo um vinho e leio algum livro que estou gostando. E isso faz toda a diferença!”, disse. 

Érika Wroblewski e sua quebra na rotina

Para Érika, 37, é imperativo quebrar a rotina. Parte do seu tempo é passado no escritório. A outra, em casa, em home office. Mas a correria está presente em ambos os lugares! 

“Me desloco bastante e leio mais ainda. Quando paro, na hora do jantar, gosto de cozinhar para desestressar. Depois monto uma mesa sempre diferente: com velas, sousplats, guardanapos de tecido… divido esses momentos com meu marido, mas faço o mesmo sozinha. É um cuidado!”, conta a advogada. 

É assim, fazendo doces deliciosos — do clássico bolo do café até uma banoffee — com amor que alivia a tensão, encontra conforto e desestressa. À mesa, compartilha a descompressão com quem ama. E vive lindas memórias, charmosas e descontraídas! 

Márcia Melati e a descoberta de novas histórias

Além de Dia Internacional da Mulher, 8 de março tem outro significado para Márcia, 38. É seu aniversário! 

Ela reserva o dia para comemorar com quem ama. Receber e dividir experiências com uma boa conversa são alguns dos seus maiores prazeres. 

Além de consultora de recursos humanos, Márcia é mãe de gêmeos. Por isso, a casa é todinha adaptada para os dois pequenos. Na sua data especial, a comemoração acontecerá no segundo andar — o único lugar da casa reservado para ela, o marido e amigos. 

“É um cantinho de leitura, relaxamento e conexão”, compartilha. “Para mim, ele é muito importante porque desmontei a casa todinha para adaptá-la para os gêmeos. Então, o espaço que tem a minha identidade e é decorado como gosto é esse”. 

Em seu pufe preferido, ou no sofá em frente ao home theater, ela abraça novas leituras e relembra viagens — cujas memórias decoram parte das estantes. O momento dela é assim: “Gosto de expandir horizontes!”, conta. 

Confira também